[1] Cristóvam Buarque, senador e ex-ministro da Educação no governo Lula em http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/ruth-de-aquino/noticia/2014/09/soneto-da-beducacaob.html

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GESTÃO DO CONHECIMENTO ESCOLAR E DA COMUNIDADE

Cristóvam Buarque falando sobre o que deu certo e errado em educação [1]

 

 Deu certo o lento avanço na universalização, não deu certo o salto necessário para a qualidade. A escola, ampliada, ficou para trás. Três brechas se aprofundam: entre a educação no Brasil e noutros países, entre a educação dos ricos e dos pobres, entre as necessidades de educação e o que a escola oferece.

 

LIVRO DIGITAL

Este é um livro digital com a aparência de um site. Mas não é um site. É um livro com todas as opções que um site oferece e mais.  Permite navegar por páginas de forma independente.  Não é um livro linear como os textos digitalizados de um livro. O leitor vai, volta e desvia como quiser de acordo com o seu interesse.

 

Cada página busca tratar de assuntos específicos e pertinentes, oferecendo links com dados, informações e textos complementares que permitem aprofundar o assunto ou tópico relativo à página consultada. São muitas as opções.

 

Além de oferecer para cada tópico ou assunto tratado, informações que permitem aprofundar sobre o assunto são oferecidas distintas e até mesmo posições adversas à ideia central do livro. O objetivo é enriquecer a reflexão.

 

É evidente que a proposta colocada no livro tem um viés advindo das posições dos autores. Mas isto não impede que posições divergentes sejam colocadas e aceitas. A boa divergência é sempre produtiva.

 

Haverá espaço para críticas e sugestões e, quando necessário, novos tópicos, conteúdos e ideias serão incorporados.

 

O livro tem um único objetivo: desenhar um sistema de Gestão do Conhecimento Escolar e da Comunidade teoricamente bem fundamentado e factível de ser implementado na escola e comunidade.

 

Uma das questões importantes a serem abordadas é o aqui chamado de “paradigma da tecnologia digital”  que foi gradativamente criado  por força das novas tecnologias.  Este paradigma fica evidenciado quando é dada mais importância ao instrumento de comunicação do que ao conteúdo veiculado por meio dele. Os modismos consumistas das televisões de última geração e telefonia móvel de “grife”  ou smartfones poderosos corroboram o paradigma.

Em decorrência surgem as plataformas voltadas para a educação que não guardam  nenhum alinhamento com as políticas curriculares e os processo de ensino das escolas. São meras ferramentas  didáticas ou de gestão pedagógica ou administrativa.

 

Estas plataformas, muito conhecidas e usuais (p. ex. Moodle, dentre outras), são apenas recipientes tecnológicos dos conhecimentos antecipadamente dominados pelos usuários. São excelentes para o fim a que se propõem.  Não são destinadas a gestão do conhecimento.  Não permitem a busca, aquisição, reformulação e produção de novos conhecimentos. Não é um bom paradigma.

 

Elas não são um sistema de gestão do conhecimento escolar e da comunidade.

 

Porém um forte sistema de TI é necessário em termos operacionais e de escala.

Sobre o Livro

VISÃO E VALORES DA PULSARVIDA EM EDUCAÇÃO

 

A PULSARVIDA acredita que a educação no Brasil não pode mais ficar somente a cargo de governos e instituições educacionais de carater privado e lucrativo.

 

Acredta que a sociedade civil organizada é capaz de intervir, em colaboração com outras entidades e empresas, para desenvolver ações em larga escala e com alto impacto educacional e social.

 

Acredita que a educação possa contribuir em parte, como eixo principal, para a redução das desigualdades sociais e econômicas.

 

Acredita ainda, junto com a UNESCO no Brasil, que:

 

A educação para o desenvolvimento sustentável permite a todo ser humano adquirir conhecimento, habilidades, atitudes e valores necessários para formar um futuro sustentável. A escala e a diversidade de seus recursos naturais fazem do Brasil um país de importância-chave em termos da preservação ambiental e do desenvolvimento sustentável.

 

 

É desta visão e valores que surge o Projeto de Gestão do Conhecimento Escolar e da Comunidade.

 

Jóse Aluizio Ferreira Lima

Presidente do Conselho de Administração